Skip to content

5@7: Palestra com o Prof Éric Brangier

May 6, 2010

Hoje fui numa palestra sobre Personas com o Professor Éric Brangier da Université de Metz na France. Foi um convite muito simpático que tive do Prof Walter Cybis da Politechnique.

O encontro, 5@7 (happy hour) foi organizado pela Chaire de commerce électronique RBC Groupe Financier da HEC Montréal. Um encontro anual que aconteceu no Salon Tata da RDJ de HEC Montréal (3000, chemin de la Côte Ste-Catherine)

O Professor Éric Brangier falou sobre personas, embora tenha tentado mudar o foco para persuasão (o que eu teria adorado🙂. Mas o assunto Personas foi interessante. Embora eu já conhecesse o assunto aprendi algo a mais e entendi melhor outras coisas.

Ele iniciou com uma apresentação de linha do tempo considerando as questões de pesquisa no domínio da informática que iniciou com a Acessibilidade, tendo evoluido para a Utilizabilidade (uso de equipamento e sw), depois para o campo da Emoção e por fim a Persuação com foco na influência social.

Ele fala sobre os campos da psicologia (físiológica, cognitiva e social), sobre a ergonomia e sobre os campos atuação prática vinculadosà ergonomia: 1) clássica (com foco nas atividades de correção e prevenção) e 2) Futuro (com foco na prospecção).

Então ele fala de Personas, destacando suautilidade para a construção de uma realidade social e comportamental dos usuários que se imagina para um determinado produto. Uma coisa que eu não tinha me dado conta é sobre a quantidade cartões que se deve confeccionar. Sua sugestão é que não passe de 15. Importante ainda manter o contraste entre este grupo de persona que pode ajudar a levantar problemas nos cenários de utilização.

Fala da humanização do persona. E isso eu achei engraçado. Por exemplo, a foto é um dado que pode ser dado no final da criação da ficha. O grupo de pessoas envolvidas no trabalho procura na internet, ou em outros lugares, fotos que combinem com a descrição estabelecida. Ele disse que a as pessoas vão buscar seriamente um foto que combine perfeitamente com o perfil estabelecido. Depois disso, alguns chegam a fazer reuniões colocando sua foto numa mesa de reuniões com uma xícara de café na sua frente levando ao pé da letra a questão da humanização. Mas cada empresa ou grupo determina como fazer a humanização que, segundo Éric Brangier, deve ser uma etapa bem elabora para que haja eficácia na utilização dos personas. Afinal o Persona é um provocador de questões externas que poderão indicar além de gostos, desejos e características profissionais, dados geográficos, hábitos rotineiros, etc. Algumas empresas, por exemplo, encenam o personagem para tratar as questões provocativas.


Leave a Comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: